quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Dom Orione Pensamentos

Dom Orione Pensamentos


“ Recomendo-vos o terço... Propaguemos a devoção do Santo terço... Dai-vos, pois, a Nossa Senhora, de coração e vida, e uni-vos a ela com a recitação cotidiana do terço...”

ELEIÇÕES 2010 – COMPROMISSO E MISSÃO

ELEIÇÕES 2010 – COMPROMISSO E MISSÃO


No dia 03 de outubro, todos os brasileiros maiores de 16 anos são convidados a se dirigirem à sua sessão eleitoral para ajudarem a escolher os futuros governantes do país, ou seja, escolher o presidente do Brasil, o governador do Estado, os senadores da República e os deputados federais e estaduais.


Ciente da importância deste momento para a melhoria das condições de vida do povo da região, aproveito a oportunidade para fazer algumas considerações. Faço-as em base à Cartilha assinada, entre outras entidades, pelo Conselho Nacional dos Leigos do Brasil e pelas Pastorais Sociais ligadas à CNBB.


O pressuposto é de que o nosso voto “tem conseqüências para a vida do povo e para o futuro do país”. Por isso, além de votar em candidato “ficha limpa”, precisamos olhar a capacidade e as convicções do candidato. Olhar para as intenções que movem a pessoa a se apresentar como candidato e se seus princípios estão em sintonia com os princípios que orientam a minha vida. Jamais deveremos dar o nosso voto a alguém pelo simples fato de nos haver favorecido em alguma coisa ao longo da vida.


A Igreja Católica, conforme afirmação de Bento XVI, “não pode e nem deve tomar nas suas próprias mãos a batalha política”. Por isso ela não apresenta candidatos, mas incentiva seus membros “a que se engajem na ação política e participem da vida pública, assumindo funções legislativas e administrativas que se destinam a promover, orgânica e institucionalmente, o bem comum” (Deus Caritas est, nº 28). Pede que não sucumbam à tentação de afirmar que “não adianta votar pois, todos são iguais e nada vai mudar”. A nossa história oferece bons exemplos de lutadores pela conquista da democracia. Entre os atuais candidatos existem várias pessoas idôneas que são movidas pelo real desejo de colaborar na construção de uma sociedade justa, próspera e fraterna, e que são merecedoras da nossa confiança.

Para nos ajudar a definir o voto, apontamos alguns princípios que estão na cartilha acima citada:


1. Examinar as idéias e os valores que o candidato defende.
2. Examinar os projetos do candidato e confrontar com os projetos do partido ao qual ele está filiado.
3. Votar em candidatos cujas propostas defendam a dignidade da pessoa humana e da vida. Projetos que ajudem a construir a cultura da paz, através da inclusão social e da proteção das pessoas contra as diversas formas de violência.
4. Escolher candidatos comprometidos com a diminuição do desemprego, com programas de apoio às famílias de baixa renda e com a questão ecológica.
5. Candidatos que incluem em seus programas o cuidado com a infância, o combate à prostituição infantil, a educação escolar de qualidade, os direitos dos idosos...
6. Candidatos comprometidos com a construção da sociedade plural, onde os direitos humanos sejam respeitados.
Aproveitemos os dias que nos separam do dia 03 de outubro para nos informar sobre a vida e os projetos dos candidatos, para que nosso voto seja consciente e que no futuro não precisemos nos arrepender por termos dado o nosso voto a esta ou aquela pessoa.
Dom Canísio Klaus

SEMANA NACIONAL EM DEFESA DA VIDA

SEMANA NACIONAL EM DEFESA DA VIDA



A Semana Nacional da Vida acontece todos os anos de 01 a 07 de Outubro e dia 08 de Outubro é o dia do nascituro. Nascituro é aquele que ainda não nasceu, ele permanece no ventre materno. A Semana Nacional da Vida deste ano traz o tema: Vida, Ecologia Humana e Meio Ambiente. A Família, tem o dever de promover a vida daquele que ainda não nasceu, daquele que nasceu mas não vive com dignidade. Cuidar da Vida é também cuidar do meio em que vivemos, respeitando a criação de Deus. Vamos cuidar bem da nossa casa que é o planeta Terra, pois ele merece cuidados especiais. Que o Deus da Vida nos dê sabedoria, para que possamos preservar a Vida em todos os sentidos!

Pronto o Documento do XIII-Capítulo Geral



O Documento do 13° Capítulo Geral já está pronto.
Estamos aguardando a tradução para o Português.
quem quiser enveredar-se pelo o italiano ele está à disposição:

Dom Luís Orione - uma vida em imagens

Turim, 1886 - 1889. Junto do Instituto de Dom Bosco, Luís Orione participa e se inscreve em todas as atividades juvenis: pequeno clero, catequista, associações, teatro, exercícios de oratória sacra como um pequeno pregador.
"Tudo que sou - repetirá muitas vezes - aprendi com Dom Bosco, que um dia me disse: - nós seremos sempre amigos!... Ele foi o verdadeiro pai de minha alma, orientando-a com afeto sem medida; a ele, depois de Deus e de Nossa Senhora, devo se hoje sou sacerdote: e por isso não posso e não devo ser senão como ele era, se quiser ser um discípulo menos indigno de tão grande mestre...". (p. 18)

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Dom Luís Orione - uma vida em imagens

Turim, 1886 - 1889. Junto a Dom Bosco, Luís Orione se encontra muito bem e se esforça tanto nos estudos que em três anos fará o ginásio. Naturalmente também ele deve enfrentar e superar dificuldades...
"Lá no santuário da Auxiliadora, tinha uma imagem - lembrará depois - oferecida a Dom Bosco pelo Pe. Catâneo de Pontecurone", depois doada à Pequena Obra da Divina Providência e hoje venerada no nosso Instituto de Fromista (Espanha); "próximo das provas eu rezava assim: - Querida Senhora, você também é do meu lugar: nós já nos conhecemos, ajuda-me: dá-me a graça da promoção!... - e lá eu aprendi as três grandes devoções de Dom Bosco: a Jesus Sacramentado e crucificado, a Nossa Senhora, ao Papa...". (p. 17)

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Dom Luís Orione - uma vida em imagens


Turim, 8 de dezembro de 1886. Devido a saúde precária, Luís Orione teve que renunciar a seguir São Francisco. Entretanto recebe a graça de ser acolhido por Dom Bosco, o santo apóstolo da juventude. Assim, com permissão do Beato Padre Rua, diante da Auxiliadora, consagra para sempre a inocência do próprio coração à Imaculada.
"Desta minha oferenda a Maria - lembrará mais tarde - devo a minha perseverança e também as muitas graças que recebi em seguida... É lá, aos pés de Nossa Senhora, que consagrei para sempre ao Senhor e à sua Igreja." (p. 16)

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Carta do Provincial Brasil Sul


COM A PALAVRA O DIRETOR PROVINCIAL
Neste mês, em que a Igreja celebra o mês da Bíblia, tem sido para todos que trabalham com a evangelização um momento de nos interrogar, primeiro: como estamos vivendo a palavra de Deus? Segundo: como estamos anunciando esta palavra que é de Vida Eterna? “Eu sou o caminho a verdade e a vida” (Jo 14,6). Levar a Palavra de Deus é levar o próprio Deus, é colocar Deus no coração das crianças, jovens, adultos e idosos. O homem sem Deus vive um grande vazio existencial, a vida perde o sentido. Essa é a nossa missão, anunciar sempre a Boa Nova que é Jesus, para que todos tenham vida e vida em abundancia.

Em Outubro, nós celebramos o mês missionário. O Documento de Aparecida nos coloca na dimensão do discipulado de Jesus. O discípulo, por natureza é um missionário. O documento insiste para que em primeiro lugar sejamos discípulos e missionários, em segundo, que partamos como missionários para onde não chegou e nem está sendo vivida a Palavra de Deus.

No secretariado dos párocos (SEPAMIS) realizado dia no dia 09 de Setembro, falou se da importância das missões populares em nossas paróquias e casas, como também o trabalho nas missões ad gentes. Quantas pessoas esperam por missionários que possam anunciar a Boa Nova trazida por Jesus!

Que neste mês, junto com toda a Igreja, possamos refletir e renovar o nosso ser missionário, seja na nossa comunidade como na província e nas nossas missões ad gentes. É um tempo forte para rezarmos por todos os nossos missionários orionitas que estão em terras distantes evangelizando o povo de Deus.

O provincial está visitando todas as comunidades, tem falado sobre as transferências, com cada um dos religiosos, está ouvindo a todos, acolhendo as sugestões, considerando as dificuldades. Este momento é tempo de diálogo e abertura para que a nossa província possa acertar e organizar o nosso próximo treino, 2011 a 2013. Para o final de Novembro, no mais tardar, gostaria de fechar essa fase e aprovar com o conselho tudo o que foi considerado. Sabemos que nem sempre será como queremos, mas o que for possível será feito para o bem de todos.

Desde já agradeço a boa vontade, a disponibilidade, o acatar sem restrições, o buscar o melhor, por parte dos religiosos, com quem já conversei.

Está chegando o momento da renovação dos votos, não deixe para a ultima hora. Pediria aos irmãos e clérigos que façam um bom retiro, conversem com o confessor, acompanhante espiritual, formador e até com o provincial para que a renovação dos votos seja de forma digna de quem ama a vida religiosa na Igreja e na congregação.

Bem, vou terminando dando os parabéns para o Pe. João Batista de Freitas que foi eleito o novo provincial da província Norte, juntamente, com o seu conselho. Que Deus vos ilumine e que a sua graça nunca falte nas horas mais duras.

Deixo um grande abraço a todos os religiosos e certamente, vamos nos encontrar pelos caminhos da província nas próximas viagens.

Que Deus nosso Pai, por intercessão de São Luis Orione, nos abençoe.

Pe. Aparecido da Silva - Diretor provincial

Dom Luís Orione - uma vida em imagens


Voghera, abril de 1886. Luís Orione - que em setembro de 1885 foi acolhido no pequeno convento dos Padres franciscanos - espera com ansiedade vestir o hábito do Seráfico de Assis. Infelizmente, porém, na quinta-feira santa, é atacado por um forte mal...
"Estava na minha pequena cama, com uma pulmonite aguda... Vieram com urgência meu pai e minha mãe, chorando... Os frades, dizendo que eu não escaparia, trouxeram-me a roupa para vestir-me depois de morto... Mas, um dia em que me encontrava pior, de repente, vi desaparecer a parede e me apareceu uma fila de padres jovens com sobrepeliz alvíssima, que sorriam prá mim... e comecei a melhorar..." (p. 15)

domingo, 26 de setembro de 2010

Dom Luís Orione - uma vida em imagens

Casei Gerola, primavera de 1885. Luís Orione sabe que a vocação, Dom de Deus, passa sempre pelo coração de Maria. Por isso o pedido para ela diante do Santuário de Nossa Senhora das Graças de Santo Agostinho, fechado, enquanto a mãe se preocupa em procurar o apoio de P. Milanês, pároco de Molino dei Torti: "Precisa se tornar donos do coração de Nossa Senhora - dirá sempre -; do Coração de Jesus que faz aquilo que ela deseja... Apoiando a cabeça na porta daquela igreja, pedi à Virgem de fazer-me um sacerdote...", prometendo restaurar aquela igreja, como aconteceu em 1944. (p. 14)

sábado, 25 de setembro de 2010

Dom Luís Orione - uma vida em imagens


Casalnocete, inverno 1884 - 1885. De fato, no dia seguinte, bem cedo, Luís Orione descobre em meio à neve as ruínas da antiga igrejinha dedicada à Virgem da Fogliata. E lhe diz: "Faz-me sacerdote, querida Senhora, e eu, para lhe agradecer, reconstruirei sua casa". Cumprirá a promessa em 1907.
"Nossa Senhora - dirá anos mais tarde Dom Orione de si mesmo - ajudou aquele menino pobre, que se tornou sacerdote e não esqueceu a Fogliata e falou muitas vezes, inclusive do púlpito, ao pvo de Casalnoceto, animando-o a reconstruir a igreja de Nossa Senhora...". (p. 13)

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Acessem



Dom Luís Orione - uma vida em imagens


Casalnoceto, inverno 1884-1885. Luís Orione ouviu sua tia Josefina e as senhoras da fazenda São Carlos dizerem que perto da cidade existem as ruínas do santuário de Nossa Senhora da Fogliata; ele sobe então ao sótão e olha na escuridão, prometendo ir rezar no dia seguinte naquelas ruínas seultadas sob a neve.
"Nossa Senhora - lembrará Dom Orione - parecia dizer: - Entrega-te todo a mim, que eu te farei sacerdote; mais tarde virás honrar-me, virás anunciar as minhas misericórdias no novo santuário... - E, voltando-me para onde aparecia, fiz minha promessa de consagração...".
(os quadros de "Dom Luís Orione - uma vida em imagens" são de autoria da pintora Ida Marcora, estão expostos na cripta do Santuário Nossa Senhora da Guarda em Tortona - Itália. Os textos apresentados foram reunidos sob os cuidados de Pe. José Rigo).

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Parabéns Pe. Reginaldo


Hoje, início da primavera, é aniversário de nosso confrade Pe. Reginaldo Antônio da Silva (S). Festa em Barro Preto, PR e em São Manuel, SP.

Dom Luís Orione - uma vida em imagens


Alhiano d'Asti - Castelnuovo Calcea, 1882 - 1885. Luís Orione espera três anos, com paciência e sacrifício, que Deus lhe abra as porta de um instituto para poder estudar. No entanto conhece a dureza e a renúncia a muitas coisas entre os perigos do trabalho de calçador de ruas, porém, se aperfeiçoa na virtude.
"Nas horas vagas - lembrará - eu me refugiava aos pés do altar, rezava a Nossa Senhora pedindo que me fizesse um sacerdote, como sempre foi o meu desejo desde pequeno... Sentindo depois os rapazes dizerem blasfêmia, eu corria para a igreja para lavar a boca com água benta..."

Capítulo provincial das Irmãs




CAPITULO PROVINCIAL
PROVÍNCIA NOSSA SENHORA APARECIDA – Brasil e Cabo Verde
11 a 19 de setembro de 2010



Queridas irmãs e irmãos
em Cristo,
Nós, Pequenas Irmãs Missionárias da Caridade (São Luís Orione), estivemos reunidas em Capítulo de 11 a 19 de setembro de 2010. Nesse itinerário, buscamos critérios e metas para “Instaurare omnia in Christo”, acolhendo a pessoa como um dom, a partir da experiência de Jesus Cristo que nos torna testemunhas do Reino de Deus e nos leva a relações e ações mais audaciosas, proféticas, humanizadoras, fraternas e evangelizadoras.
Sentimo-nos interpeladas pela necessidade de vivenciar o “Instaurare Omnia in Christo,” grande projeto de vida do nosso pai fundador, São Luís Orione, buscando estratégias para viver e operar como filhas da Igreja, a serviço das camadas sociais marginalizadas que não tem voz nem vez no mundo globalizado.
Os trabalhos foram intensos, alternando-se entre grupos, plenários, discussões e consenso na elaboração critérios, metas e propostas concretas para sanar o ponto crítico do Instituto detectado na Assembléia geral de 2008. Foram de grande utilidade as contribuições provenientes dos Capítulos locais, das iluminoções dos assessores: Pe. Aparecido da Silva, Pe. Tarcísio Gregório Vieira e da presença dos leigos.
Na medida em que os trabalhos prosseguiam, sentíamos a forte presença do Espírito Santo, através das luzes que iam surgindo na busca de soluções para reavivar a chama do carisma orionita em cada uma de nós, na Igreja e no e no mundo; estímulo a não perder a esperança, mas reacender no Instituto a alegria e o brilho do viver em comunhão como mulheres capazes de construir relações autênticas; aumentando o fluxo da caridade em nós para continuarmos sendo “sinais de vida” para o mundo.
Dia 19 foram concluídos os trabalhos capitulares com a votação dos documentos finais e a escolha das Delegadas que representarão a Província Nossa Senhora Aparecida (Brasil e Cabo Verde) no Capítulo Geral que acontecerá em Roma de maio a junho de 2011. Como Delegadas, foram eleitas: Ir. M. Zulmira Luz Vasconcelos, Ir. M. Bernadeth Martins de Oliveira e Ir. M. Antônia Souza Matinho.
Convictas de que nossa missão brota da comunhão com o Senhor e da sensibilidade solidária para com aqueles a quem Ele nos envia, procuremos caminhar em sintonia com todo o Instituto, a fim de que possamos ser verdadeiras orionitas, que partem em missão, com coração aberto e solidário.
Somo imensamente gratas a Deus que nos acompanhou com a sua graça durante esse Capítulo. Agradecemos de coração a cada uma de vocês pela proximidade demonstrada, através da colaboração, das lembrancinhas e das mensagens, assegurando as vossas orações.
Que a Mãe Aparecida e São Luís Orione nos acompanhe, hoje e sempre na missão de olhar o mundo, a sociedade, a vida, as pessoas com um olhar orionita que contempla e acende a luz da esperança para ancorar nosso viver em Deus.

As Capitulares - Cotia, 19 de Setembro de 2010.

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Dom Luís Orione - uma vida em imagens


Pontecurone, 1882. Na pequena construção, perdida entre os campos, Luís Orione leva a Maria a homenagem das flores: no inverno não sente os rigores do frio, nem no verão o calor que assola a planície, amadurando o trigal loiro.
"À beira de uma estrada - lembrará mais tarde - tinha uma capelinha linda de Nossa Senhora: eu ia visitá-la com bom ou mau tempo. Eu pensava em ti, minha mãe querida, suspiro e palpitar da minha vida; fazia muito frio, mas eu tinha um grande calor no meu coração, ó Maria, e eu te amava..."

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Dom Luís Orione - uma vida em imagens

Pontecurone, primavera de 1880. Luís Orione, enquanto se entretém com alguns coleguinhas pelso campos, onde tremulam algumas flores brancas tipo campainhas, apanha uma e move como um coroinha que toca a campainha na missa. Estranho! Ela soa de verdade; ele toca sempre com mais vontade... "Não acreditando nos meus ouvidos - recordará mais tarde -, repeti o gesto e a flor soou de novo, para a admiração dos meus companheiros, maravilhados que a deles não fizesse o mesmo... Certamente desde então o Senhor, com aquele fato, queria me mostrar que, por sua graça, me tornaria sacerdote...".

Promoção vocacional

O Pe. José de Paiva e os seminaristas de Siderópolis estiveram em Forquilhinhas rezando e falando de promoção vocacional

Promoção vocacional

Seminaristas de Siderópolis na missa vocacional em Forquilhinhas, SC

Promoção vocacional


Pe. José de Paiva e seminaristas em Forquilhinhas, SC

Promoção vocacional



Pe. José de Paiva e seminaristas estiveram em Forquilhinhas fazendo Promoção vocacional

sábado, 18 de setembro de 2010

Jovens no Seguimento de Jesus Cristo

Nesta semana de 13 a 17 de setembro em Curitiba – PR aconteceu um curso chamado NOVINTER. Verificou-se que tem muitos jovens cheios de vida no seguimento de JESUS CRISTO. O pregador deste curso Padre Lourenço afirmou que seguir Cristo é ser chamado por Ele (vocação). Seguir Cristo é viver COM CRISTO (intimidade). Seguir Cristo é viver COMO Cristo (configurar-se). Seguir Cristo é assumir a mesma MISSÃO ( ser evangelizadores da boa nova). Seguir Cristo é assumir seu DESTINO (oferecer sua vida pela salvação da humanidade).
Por fim, notou-se alegremente que há muita esperança na vida consagrada, pois segundo Padre Lourenço o ser da vida consagrada foi profundamente enraizado na consagração BATISMAL. E a vivência dessa aliança batismal foi determinada em dois mandamentos por Jesus Cristo (Mc 12, 28-31): AMAR A DEUS DE TODO SEU CORAÇÃO e AMAR AO PRÓXIMO COMO A SI MESMO.
Parabéns aos jovens que abraçam a VIDA RELIGIOSA na alegria e na busca da santidade!






quinta-feira, 16 de setembro de 2010

CAPÍTULO PROVINCIAL DAS PIMC

Queridas irmãs e irmãos, estamos caminhando...

Neste dia, a liturgia nos convida a celebramos a festa de Nossa Senhora das Dores, Maria é a grande Mãe intercessora que caminha conosco, nos impulsionando através do seu exemplo a viver o discipulado de Cristo.

Neste quinto dia do nosso capitulo houve a presença significativa dos padres: Aparecido da Silva (Diretor Provincial - Sul), Tarcisio (Vice provincial – Norte) e Celmo (Conselheiro e Formador) e dos leigos: Ana Maria (Psicóloga - Instituto Mater Dei), Alice, (Fisioterapeuta – Paraíba do Sul), Conceição Perón (Benfeitora da Casa Provincial), Dr. Adilson (Advogado), Ricardo (Administrador).

Na parte da manhã Pe. Tarcisio de Gregório Vieira fez a iluminação com o tema: JESUS FONTE DE UMA NOVA HUMANIZAÇÃO. Iniciou dizendo que o capitulo não é um retiro e nem um estudo, mas sim um momento muito prático. E por isso nos levou a uma breve reflexão sobre o Lucas 15 de modo especial, a parábola da moeda perdida. Ele nos fez entender que o Capítulo é a busca da moeda perdida identificada no nosso ponto critico fruto dos estudos das Assembléias local, provincial e Geral, e que é preciso reencontrar.

Na parte da tarde nos conduziu com a reflexão sobre: DOM ORIONE, O SANTO CRISTOCENTRICO do Século XX. Falou sobre o contexto histórico de Dom Orione para melhor compreendê-lo hoje e entender o sentido do “Instaurare omnia in Christo

Encerramos as atividades do dia com a celebração da Santa Missa em honra a Nossa Senhora das Dores, e agradecendo a Deus por todas as graças derramadas sobre nós e por este dia de reflexão e partilha.

Agradecemos a vossa sintonia conosco através orações.

As Capitulares

CAPÍTULO PROVINCIAL DAS PIMC

Foto da abertura do Capítulo Provincial - Provincia Nossa Senhora Aparecida (Brasil e Cabo verde) que está acontecendo de 11 a 17 de setembro do corrente ano. nestes dias estaremos reunidas tendo como tema: Instaurare omnia in Cristo” - Identidade-Comunhão-Missão . Sob a proteção de Maria, avaliaremos o sexênio na ótica da experiência espiritual para decidirmos juntas uma nova etapa de evangelização, em consonância com as sugestões do Espírito”.
Ir. Bernadeth

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

ANIVERSARIANTES


Hoje é aniversário do Dc. Marialdo de Assis da Cruz (S) - na foto e de Cl. Gilson Barbosa (N) e Cl. Givanildo Silva (N).

Dom Luís Orione - uma vida em imagens



Pontecurone, 1878 - 1880. Mamãe Carolina Orione é uma forte trabalhadora e, ainda que analfabeta, sabe educar bem os seus filhos à oração, à pureza, e ao sacrifício, e leva com frequencia Luís à roça.
"Entre as graças que eu tive, - dirá muitas vezes Dom orione - o Senhor me deu aquela de ter nascido pobre; os de casa sempre trabalhavam para poder comer. Quando ia recolher as sobras de espigas de trigo, se eu parava para olhar os pássaros, minha mãe me dizia: 'junta, Luís, que é o nosso pão!...' Era uma mulher piedosa, mas enérgica: uma grande mãe sob todos os aspectos".

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Lual com Cristo

Lual com Cristooooooooooooooooooooo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Aconteceu no dia 11 de Setembro de 2.010, no Noviciado São José, um Lual com Cristo, que contou, com a presença do Grupo de Jovens Jaca (Jovens Amigos Construíndo Amor - Capela São Francisco) e jovens do Bairro Barro Preto. Esse evento foi coordenado pelos jovens do Grupo Jaca e com o apoio do Noviços, juntamente com o Dc. Márcio e Cl. Alberto, contando com a participação dos Padres Claudinei e Reginaldo.
O Lual contou com músicas, diversões e um momento de Adoração ao Santíssimo Sacramento, que ajudou os jovens a refletirem sobre a importância da misericórdia na vida das pessoas, enfatizando que, devemos sempre perdoar nossos irmãos e ir ao encontro daqueles que estão perdidos ou isolados. Todos participaram com muita empolgação, animação e alegria, reanimando o seu espírito de fraternidade, solidariedade, para realmente construir amigos no amor. Sem mais palavras, vejam as fotos

































































.

Em Tocantinópolis





Ação Social Diocesana de Tocantinópolis
inaugura Casa da Divina Providência

A solenidade de inauguração acontecerá dia
27 de setembro de 2010, às 19h30min.
Rua Rio Branco, S/Nº, Alto da Boa Vista I
(Ao lado da Igreja Santíssima Trindade)
Tocantinópolis - TO

A cidade de Tocantinópolis, situada no extremo norte do Estado do Tocantins, Amazônia Legal, a 531 km da capital, Palmas – TO, com quase 30 mil habitantes, conta atualmente com um abrigo para idosos. O referido abrigo está localizado em uma construção antiga da Paróquia Nossa Senhora da Consolação, de Tocantinópolis – TO funciona em condições precárias não possibilitando o mínimo conforto aos idosos acolhidos, os quais são abandonados ou pouco acompanhados pelas famílias, de forma que não tínhamos a possibilidade de acolher outros idosos por falta de espaço e estrutura.
Sendo uma preocupação da comunidade, há muito esperávamos por uma solução. No ano de 2007 surgiu uma possibilidade concreta de mudar radicalmente a forma de tratar os nossos idosos, não só de Tocantinópolis, mas dos municípios vizinhos. A Ação Social Diocesana de Tocantinópolis, entidade mantida pela Diocese de Tocantinópolis, recebeu uma doação de uma única benfeitora, a senhora Ireni Barcelos (residente em uma casa anexa ao abrigo) que possibilitou a construção de um prédio confortável e totalmente adaptado para acolher aos nossos idosos. A Ação Social Diocesana de Tocantinópolis avançou no projeto e, neste final de 2009, terminou a aplicação da doação com a construção do novo abrigo que está pronto em condições favoráveis de acolher até 34 idosos internos.
A construção está pronta desde 2009. A dificuldade em abrir a casa se deu em função da falta de recursos para equipá-la. Durante o ano de 2010, com a ajuda da Naturatins, da Prefeitura de Tocantinópolis, da Congregação das Irmãs de Santa Catarina de São Paulo, da Diocese de Tocantinópolis através do gesto concreto da Campanha da Fraternidade 2010, das paróquias Bom Pastor e Nossa Senhora Aparecida de Rondonópolis, Mato Grosso, do Judiciário e do comercio de Tocantinópolis e da comunidade em geral, temos condições mesmo que ainda faltando alguns itens, dar inicio às atividades da casa.
O novo abrigo, chamado de Casa da Divina Providência, é uma ampla construção com 10 apartamentos com banheiro interno, sala de convivência, enfermaria, refeitório, cozinha, dispensa, lavanderia, garagem, salas para administração, varandas, todos feitos de acordo com as normas da vigilância sanitária.
Inicialmente ocuparão as dependências da casa, um grupo de 10 idosos que estão residindo no abrigo antigo coordenado pelo senhor João José, membro da Associação dos Vicentinos. Outros idosos poderão ser beneficiados desde que julgados abandonados ou encaminhado pela assistência social das prefeituras ou pelo juiz ou promotor de justiça.
A Casa da Divina Providência será administrada pela diretoria da Ação Social Diocesana de Tocantinópolis e será mantida através de doações da comunidade, de parte da aposentadoria dos idosos e convênios com o governo do Estado do Tocantins, prefeituras e futuramente de produtos provenientes da Chácara São Sebastião do Ribeirão Grande de propriedade da Mitra Diocesana de Tocantinópolis. Como os idosos são pessoas pobres, alguns abandonados pela família, não há valor estipulado para a internação.

Dom Giovane Pereira de Melo
Bispo Diocesano e presidente do Conselho Deliberativo da Ação Social Diocesana de Tocantinópolis
Mais informações:
Cl. Junior Gaigher
(63) 8117 5984
(63) 9248 2809
juniorgaigher@hotmail.com


Dom Luís Orione - uma vida em imagens



Pontecurone, junho de 1872. Entre as rosas que coroam a imagem de Maria, só uma se mantém fresca... "Está querendo dizer - explica Pe. Miguel Catâneo -, que Nossa Senhora Senhora prepara alguma graça especial para a nossa cidade..." De fato, passado o mês de maio, na casa dos Gazzaniga, continuava lá aquela rosa cheia de perfume. Talvez a tenha levado mamãe Carolina Orione? O fato é que em 23 de junho, nasce Luís Orione. Anos mais tarde, vendo-o tão piedoso e trabalhador, a comunidade de Pontecurone lembrar-se-á daquela rosa e da frase dita pelo Pe. Miguel. "Podemos dizer - afirmava então Dom Orione - que Nossa Senhora, nós a tivemos vizinha desde o nascimento, aliás, também antes de nascer, porque ela já estava dentro do coração de nossas mães". (p. 7)

domingo, 12 de setembro de 2010

Uma vida em imagens





A partir de amanhã, neste blog, você acompanhará o livro "Dom Luís Orione - uma vida em imagens". Por hoje, parabenizamos o Pe. João De Bona (N) que aniversaria neste Domingo.

sábado, 11 de setembro de 2010

PJVO em Guararapes

Aconteceu na cidade de Guararapes na Paróquia Orionita São Pedro Apóstolo, o encontro da Pastoral Juvenil Vocacional Orionita da região que engloba as cidades de Dourados (Mato Grosso do Sul), Campo Grande (também Mato Grosso do Sul) e Guararapes (São Paulo). O encontro contou com a presença de 160 jovens. No encontro foi muito trabalhado o conhecimento da vida e da espiritualidade de São Luís Orione através de muitas dinâmicas e gestos concretos. Aqui na província todos estamos percebendo que a PJVO está num processo de amadurecimento e parece ter encontrado um caminho de crescimento na integração entre as paróquias orionitas e entre os Jovens Orionitas.
O encontro terminou com o tradicional brado orionita "Renovar todas as coisas em Cristo".
Pe. Claudinei
Diác. Márcio

Posse do novo Conselho da Província Nossa Senhora de Fátima

Em solene celebração eucarística, tomou posse o novo Conselho Provincial, que completará o triênio 2009-2011.

Durante a celebração o diretor provincial, Pe. Freitas, fez a profissão de fé, colocando-se em comunhão com toda a Igreja e dispondo-se a servir os irmãos que lhe foram confiados.
Fez também o juramento de fidelidade, pelo qual comprometeu-se a promover, pela missão que lhe foi confiada, a doutrina transmitida pelos Apóstolos e a comunhão com todo o povo de Deus.

Pe. Erli

"O Espírito de Dom Orione - A caridade"

55. FDP (Filhos da Divina Providência) E PIMC (Pequenas Irmãs Missionárias da Caridade): AMOR PELO SERVIÇO DA CARIDADE


Constituições das Pequenas Irmãs Missionárias da Caridade Capítulo I, n. 3 - Seu fim particular e especial é, pois, o exercício da caridade para com o próximo, especialmente com a consagração da vida para levar ao conhecimento e ao amor de Jesus Cristo e do Seu Vigário, o «doce Cristo na terra», o Romano Pontífice, e da Santa Igreja os pequenos filhos do povo e os pobres mais afastados de Deus ou mais abandonados, mediante o ensinamento da doutrina cristã e a prática das obras evangélicas da misericórdia.
(Texto datilografado com assinatura de Dom Orione) Do dia 12/09/1935 Scritti 59,21b) - p. 123. Com este texto encerramos o vol. VII do "Espírito de Dom Orione - A caridade". Parabéns ao Pe. Milton Quintino de Lima que aniversaria hoje.

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

"O Espírito de Dom Orione - A caridade"







55. FDP (Filhos da Divina Providência) E PIMC (Pequenas Irmãs Missionárias da Caridade): AMOR pelo serviço da caridade

1. Constituições dos Filhos da Divina Providência. Capítulo I, n. 3.
O fim particular e especial é difundir a doutrina e o amor de Jesus Cristo, do Papa e da Igreja, especialmente no povo; atrair e unir com um vínculo dulcíssimo e estreitíssimo de toda a mente e do coração os filhos do povo e as classes trabalhadoras à Sé Apostólica, na qual, segundo a palavra de São Pedro Crisólogo, «O Beato Pedro vive, preside e dá a verdade da fé a quem a pedir» (Epist. ad Eut. 2). E isso com o apostolado da caridade entre os pequenos e os pobres, mediante as Instituições e Obras de misericórdia mais aptas para a educação e formação cristã dos filhos do povo e para conduzir as turbas a Jesus Cristo e à sua Igreja. (Texto datilografado com assinatura de Dom Orione) Do dia 22/07/1936 Scritti 59,21c) - p. 122 - 123.

quinta-feira, 9 de setembro de 2010




54. É O PRECEITO DO SENHOR
9. Cuidado com o amor próprio; inquieto e manhoso como sempre é, tem mil suscetibilidades, altera a fantasia, turva a razão, e é inimigo decidido da caridade fraterna. Estejamos atentos, porque onde reina o amor próprio, não pode viver a caridade. E por isso não sejamos exigentes demais, não sejamos teimosos nas disputas; esses defeitos diminuem o espírito de caridade. Ponhamos freio à nossa língua; dominemos os impulsos da ira; suportemos tudo: charitas omnia sustinet, a caridade agüenta tudo (1 Cor 13,7). Pensemos que não praticaremos jamais a caridade fraterna, se não nos dispusermos a tolerar, uns os defeitos dos outros. Todos nós temos os nossos defeitos e os nossos pecados: "Quem de vós estiver sem pecado, lance a primeira pedra", disse Jesus. Suportemo-nos! Suportemo-nos! e assim cumpriremos a lei de Jesus Cristo, como escreveu São Paulo: "Alter, alerius onera portate, et sic adimplebitis legem Christi, Carregai os fardos, uns dos outros, e assim cumprireis a lei de Cristo" (Gal 6, 2). Demo-nos as mãos, e caminhemos juntos em direção à Pátria Celeste. Edifiquemo-nos com o bom exemplo recíproco: "Frater, qui adiuvatur a fratre, quasi civitas firma, o irmão que tem a ajuda do outro irmão é como uma cidade forte". Permiti que eu repita: "não nos amemos de palavra e de boca, mas com obras e de verdade" (1 Jo 3, 18). E, sobretudo, ajudemo-nos fraternamente com a oração. Agora acabo, abraçando-vos um por um, ó meus caros irmãos e filhos: rezai por mim! Rezai muito a Nossa Senhora para que, na caridade de N. S. Jesus Cristo, para glória de Deus, para purificação minha e para o vosso bem, se cumpra em mim, pobre pecador, o mysterium Crucis. Da carta do dia 25 de julho de1936, Lettere II, 392 ss (p. 121 - 122).

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Visita a Rio Claro


Cl. Osvaldir Ribeiro Mendes e os postulantes do Núcleo vocacional Pe. José Rosin (Casa amarela) em visita a Rio Claro, SP.

"O Espírito de Dom Orione - A caridade"




54. É O PRECEITO DO AMOR
8. (...) Como edifica um religioso que fala bem do seu próximo e, a seu tempo, sabe desculpar os defeitos alheios! Procuremos, portanto, evitar toda palavra que soe como murmuração contra qualquer pessoa e recordemos que pode ser até pior que a murmuração o ato de interpretar mal as ações alheias, ou acusar que são feitas com má intenção. Tenhamos delicada caridade nos modos, mas sem afetação. Não espalhemos jamais para os outros as coisas ouvidas em via reservada, nem contemos para colegas críticas, que outras pessoas tenham feito sobre eles, porque seria semear rancores e discórdias.
Guardemo-nos de dizer coisas que possam ferir ou entristecer alguém, não provoquemos animosidades, nem repreendamos ninguém diante de terceiros, se não houver razões muito sérias que a isso obriguem.
A caridade fraterna é tesouro preciosíssimo, e devemos empregar todo cuidado para conservá-la e aumentá-la: deixemos de lado qualquer questão, mesmo que feita por amor da verdade e por zelo da glória de Deus, se essa questão puder dividir os ânimos e indispor, por pouco quer seja, o nosso coração. Essa recomendação já fiz outras vezes, mas não levais a mal, não é verdade, ó meus irmãos? (p. 121) - Foto de Cl. Osvaldir Ribeiro Mendes, dos postulantes do Núcleo Vocacional Pe. José Rosin (Casa Amarela), de Rose, Nina e Amanda (parentes do padre Rodinei Thomazella) em visita a Rio Claro, SP .

terça-feira, 7 de setembro de 2010

Novos Tempos para a PJVO


Caro amigo
Em nossa Família Religiosa sempre contamos com a colaboração dos jovens para animar e ajudar nas atividades de nossa Província.
Muitos jovens estão empenhados no amor ao Carisma Orionita, pois absorveram o que São Luis Orione disse: "A juventude será o Sol ou a Temprestade do amanhã". Pedimos que visitem e divulgem o blog da PJVO: http://pastoraljuvenilorionita.blogspot.com/

"Ave Maria e Avante!"

Diác. Márcio Lopes Vieira
Padre Claudinei Niedzwiecki
Animador Vocacional Orionita. Encarregado da PJVO.

"O Espírito de Dom Orione - A caridade"



54. É O PRECEITO DO SENHOR
7. (...) E enquanto escrevo, estão chegando as mais dolorosas notícias da Espanha. Eu fico pensando: por que o mundo anda tão descontrolado, por que é tão infeliz, e vai se precipitando na barbárie? Por quê? Porque não vive de Deus: vive de egoísmo, e não vive na caridade de Jesus Cristo.
Vede, ó meus filhos: gente que nasceu na mesma terra, que fala a mesma língua, que tem o mesmo sangue, que provém das mesmas famílias: eles que deveriam amar-se, ajudar-se, apoiar-se, agora se dividem, se odeiam, se massacram barbaramente! Triste verdade! tristíssima realidade, coisas que acontecem sob nossos olhos.
Por que tudo isso? Porque falta a caridade que Jesus Cristo veio trazer à terra. A caridade "Vem de Deus", disse o Apóstolo São João. Ela é um dom que Deus oferece àqueles que observam os seus mandamentos. Mas a caridade se retira do mundo, que não ama a Deus, que se afastou da lei de Deus. É por acaso maravilha que a caridade se retire do mundo, como pomba que levanta o vôo para não se sujar no barro e no sangue? A caridade faria da terra um Paraíso, mas sem ela, os homens se tornam piores que os brutos, e vão transformando a terra naquele canteiro ensanguentado de que falava Dante, "l’aiuola che ci fa tanto feroci, o canteiro que nos torna ferozes". (p. 120 - 121). Parabéns aos nossos confrades que hoje fazem aniversário: Pe. Otávio Marques (N) e Nv. Cristiano Teodoro (N).

Missa vocacional




Agentes da Pastoral Juvenil Vocacional Orionita, seminaristas, os Clérigos Juan Custódio e Carlos dos Santos na Missa vocacional que foi presidida pelo Pe. José de Paiva Na Paróquia Nossa Senhora da Salete (Criciúma, SC) - dia 05, Domingo.

Missa vocacional




Pe. José de Paiva na missa vocacional ocorrida no domingo passado na Paróquia Nossa Senhora da Salete (Criciúma, SC).

Missa vocacional




Missa vocacional que ocorreu no domingo dia 05 deste mês na Paróquia Nossa Senhora da Salete localizada na Próspera, um bairro de Criciúma, SC. Estiveram presentes agentes da Pastoral Juvenil Vocacional Orionita, os seminaristas, os Clérigos Juan Custódio da Silva e Carlos Santos da Silva. A Missa foi presidida pelo Pe. José de Paiva. Foi muito boa a participação da comunidade local.