terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Frei Cruz da Divina Providência EREMO SANT' ALBERTO DI BUTRIO



27050 PONTE NIZZA (PAVIA)

domingo, 26 de fevereiro de 2012

Siderópolis: Missa de posse do novo pároco e vigário paroquial

Missa de posse do novo pároco e vigário paroquial


  Nesta manhã de domingo foi realizada na Igreja Matriz Nossa Senhora Aparecida à missa do primeiro domingo da Quaresma e a posse do novo pároco Padre José Luiz e do vigário paroquial Padre Claudio. Desta forma, pode-se dizer que os sideropolitanos iniciaram a caminhada quaresmal de maneira especial, e junto a esses sacerdotes puderam renovar sua fé e esperança se preparando assim para a chegada da Santa Páscoa. Além disso, os fiéis presentes na celebração ainda contaram com as iluminadas presenças do Padre Miro, diretor do Colégio Dom Orione e Formador do Seminário, do Padre Gilmar, na condição de representante do Provincial Orionita Padre Aparecido, e do nosso pastor querido Bispo Diocesano Dom Jacinto, o aniversariante do dia.

  Deixamos registradas as nossas felicitações e boas-vindas aos Padres José Luiz e Claudio! Que Deus e Nossa Senhora Aparecida os abençoe sempre!

Movimento Tra Noi de Florianópolis

DONS QUE DEUS DÁ A CADA UM DE NÓS

Neste pequeno texto, gostaria de repassar para todos que visualizam o Blog como Deus é maravilhoso, nos dando tantos dons. No nosso Movimento não poderia ser diferente, pois cada um em particular possui um dom, ou melhor, vários dons, portanto, abaixo colocaremos fotos de trabalhos manuais realizados pela Sra. Mary. São cadernos que chegam até as suas mãos, e a mesma realiza em cada um uma produção fabulosa; chega a ser um desfile de moda extraordinário. Confira!





quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Moçambique

A alegria por viver na Obra Dom Orione

Nada melhor que fazé-las sorrir. Elas são lindas, divertidas, sorridentes e às vezes dão uma esperança de um dia chegar onde a gente está.
Vejam como a Belucha, Maria, Missuai e a Lígia  manifestam a sua gratidão por estar nesta casa, e principalmente quando elas recebem visitas constantes.



Encontro Vocacional

sábado, 18 de fevereiro de 2012

"DC CLAUDE PAMAZI - DE TOGO, NO BRASIL"

 CONFRATERNIZAÇÃO EM PRAIA GRANDE
 PE. MILTON, DC. CLAUDE E PE. PAULO SERGIO
 DC. CLAUDE, PE. NEWTON, PROVINCIAL PE. APARECIDO E PE. MILTON
 DC. CLAUDE E PROVINCIAL PE. APARECIDO
           O DIÁCONO CLAUDE PAMAZI, ORIONITA AFRICANO DE TOGO ESTÁ NO BRASIL, EM CURITIBA, PR, POR 04 MESES PARA ESTUDAR O IDIOMA PORTUGUÊS, COLABORAR NAS ATIVIDADES PAROQUIAIS, FORMAÇÃO, ADQUIRIR NOVAS EXPERIÊNCIAS E É CLARO CONHECER A NOSSA PROVÍNCIA.
          O DIÁCONO CLAUDE RETORNARÁ PARA COSTA DO MARFIM , NO FINAL DE JUNHO, NA QUAL SERÁ  ORDENADO PRESBÍTERO E EM SEGUIDA, FARÁ PPARTE DA COMUNIDADE DE MAPUTO - MOÇAMBIQUE.
 O Dc. CLAUDE Pamazi e a Comunidade de São Paulo. E como ele é um ótimo torcedor....escolheu o PALMEIRAS como time do seu coração nessa Província.
         Dc. CLAUDE, SEJA BEM VINDO!

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Cotolengo de Moçambique: Arcebispo de Maputo

O Arcebispo de Maputo Dom Francisco Chimoio, juntamente com o seu auxiliar Dom João Carlos, visitam a Obra Dom Orione e são acolhidos pelos religiosos da casa: Pe. José Geraldo, Clérigo Paulin Preka e Pe. Romolo Mariani.

Noviciado: Visita de Dom Enemézio


  Na ocasião do falecimento do bispo de São José dos Pinhais, Dom Enemézio (bispo orionita) da diocese de Balsas - Maranhão  veio prestar condolência a diocese e hospedou-se em nossa casa, foi realmente uma honra poder ouvir a partilha das experiencias deste nosso pastor que sempre será muito bem vindo em nossa casa!

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

A Conselheira provincial: Irmã Maria Rufina e a Conselheira Geral: Ir. Maria Alicya visitam as Comunidades de São Paulo

 Pe. Evaldo, Ir. Maria Rufina, Ir. Maria Alicya e Pe. Paulo.
 Pe. Evaldino, Cl. Joaquim, Pe. Newton, Ir. Ma. Rufina, Ir. Ma. Alicya, Pe. Paulo e Ir. Marcelo
Pe. Evaldo, Ir. Ma. Rufina, Ir. Ma. Alicya, `Pe. Milton e Pe. Gilmar Joaquim

domingo, 12 de fevereiro de 2012

Seminaristas e Religiosos Orionitas 2012

Queremos a apresentar Comunidade do Instituto Nossa Senhora de Fátima Guararapes SP. Ontem Sábado foi o passeio inaugural do ano do Seminário 2012. Rezemos pelas Vocações, pelas novos seminaristas de nossas Casas.

RELIGIOSOS

Cl. Angelito - 2° de Tirocínio

Pe. Paulo - Pároco e Diretor Com. Religiosa

Pe. Valdeci - Diretor e Vigário

Pe.Reginaldo - Formador e Vigário

SEMINARISTAS
Brendo Nascimento dos Reis - São Gabriel do Oeste MS

Cristhian Aparecido da Cruz Lima - São Gabriel doOeste MS

Eliseu Padilha - Campos Erê SC

Eloir José de Castro dos Santos - São José dos Pinhais

Gabriel Gomes Batista - Guararapes SP

Ivan Lauro Zanoni - São Gabriel do Oeste

Jhonatan Zanoni - São Gabriel do Oeste MS

Sandro Windror Menezes Valença - São Gabriel do Oeste MS

Thiago de Souza - Rubiácea SP


Conosco estava uma família Muito Orionita
Higino, Patrícia e o filhote Gabriel.
Obrigado pela presença.

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Jubileu de ouro de quatro irmãs orionitas

Dia 2 de fevereiro a congregação das Pequenas Irmãs Missionárias da Caridade comemoraram com muita alegria e fé o jubileu de 50 anos de vida religiosa de quatro irmãs.
Foram 50 anos de muita dedicação, serviço e amor aos mais pobres entre os pobres. Foram também 50 anos de muita fé, alegria e também desafios e dificuldades, mas que com a graça de Deus foram vencidas. Hoje, só há motivos para agradecer ao Criador por tê-las chamado para viverem mais perto dEle. E com Ele, construírem o Reino de Deus.
As irmãs jubilandas são:
Irmã Maria Salete Maia Machado
Irmã Salete nasceu em 14 de agosto de 1942, em Gravatal, Santa Catarina, filha de Manoel Maia e Maria Machada. É a quarta filha de uma família de 13 irmãos. Atualmente está atuando na comunidade de Paraíba do Sul-RJ.
Irma Maria Albertina de Pinho
Irma Maria Albertina de Pinho nasceu aos três dias do mês de outubro de 1940, em Mariana, estado de Minas Gerais. Filha de Maximiliano de Paula Pinho e de Albertina Bnício dos Santos Pinho, é a nona filha de familia de 15 irmãos. A partir deste ano, trabalhará em Santos Dumont-MG.
Irmã Maria Eni Martins dos Santos.
Irmà Maria Eni nasceu em Araguaína, antigo Goiás, hoje Tacantins no dia primeiro de junho de 1933. Filha de Luis Martins dos Santos e Benícia Marinho dos Santos tiveram quatro filhos: dois homens e duas mulheres sendo a segunda a Eni. Atualmente está trabalhando na Ilha do Marajó, no Pará.
Irmã Maria Gema Carvalho
Irmã Maria Gema nasceu na cidade de Pouso Alegre no Sul de Minas Gerais em 17 de maio de 1934, teve 6 irmãos. Filho de Jonas de Carvalho e Sebastina Pereira de Carvalho. Está atualmente trabalhando na casa provincial em Cotia-SP.
Veja abaixo algumas fotos da celebração eucarística em comemoração ao Jubileu das nossas queridas irmãs. E desejamos a elas muita saúde, paz e força para continuar lutando por um mundo mais justo, humano e fraterno! Ave Maria e avante!

Conheça a nova comunidade de Quatro Barras

QUATRO BARRAS. Com o Trabalho Vocacional realizado em nossa Província , estamos hoje dia 06 de Fevereiro, iniciando o ano de 2012 com 15(quinze) seminaristas cujo os nomes aqui estão:Emanuel, Pedro, Douglas Lowe, Marlon Gusmão, Marlon Cardoso, Emerson, Julio Cesar, Adrivan, Halysson, Renan, Douglas Cristian, Gildo, Natan, Eduardo e Dionata.
E a Comunidade Religiosa  é formada pelo: Pe. André (diretor da comunidade e pároco), Pe. Gabriel (diretor do Colégio Dom Orione), Ir. Leonardo (Colégio), Pe. Aguiar e Cl. Roberto (Responsáveis pela a formação do seminário). Que Maria Mãe da Divina Providência e São Luis Orione Rogue pela nossa perseverança, para que a mesma seja sinal de testemunho para o povo de Deus.

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

APELO MISSIONÁRIO

Roma, 2 de fevereiro de 2012

Festa da apresentação de Jesus no templo 

e festa da Vida consagrada

Caríssimos Confrades Filhos da Divina Providência
Deo gratias!
A Congregação realizou um Congresso missionário em Ariccia (Roma), entre os dias 20-23 de novembro de 2011. O Congresso teve como tema “Todos em missão. Como o Pai me enviou também eu vos envio” e elaborou o projeto missionário para o próximo sexênio.
O XIII Capítulo Geral indicou a "corresponsabilidade" como palavra chave para os novos rumos da Congregação (XCG13 n.143-144)”. Corresponsabilidade significa comunhão e colaboração de todos os Religiosos e de todas as Províncias para sustentar o impulso missionário que estamos vivendo em alguns Países e a consolidação missionária que se faz necessária em outros.
Para atuar a corresponsabilidade missionária temos necessidade de religiosos disponíveis a deixar o próprio País para ir às novas fronteiras do Evangelho e da Caridade abertas pela Congregação.  
QUEM SE SENTE CHAMADO?
Segundo uma tradição iniciada por Dom Orione, faço a todos os religiosos um APELO MISSIONÁRIO.
Em nome de Dom Orione, como irmão e pai da Congregação,  faço apelo a cada Orionino de qualquer idade, que deseje colocar-se à disposição para "partir" para as missões: me escreva uma carta pessoal manifestando o próprio desejo e a disponibilidade, indicando, se considerar oportuno, também o País de preferência.
            Este apelo de 2012 atualiza os "apelos missionários" de Dom Orione.
            No dia 3 de março de 1914, após o início da missão no Brasil, ele se dirigia aos clérigos ainda em formação:
“Preciso de filhos santos! A missão promete muito; mas preciso de santos! Quantas vezes, nos dias passados, pensei em vós, ó meus caros filhos! E vos fiz passar um a um, para ver quem poderia mandar!
Ao menos algum de vós precisará que eu o encontre e o mande logo; mas preciso de santos! Pouco me importa que sejais poucos, melhor assim que aprendereis logo a língua, mas preciso que quem vá, leve a santidade. Quem se sente chamado?
            Eis ó meus Caros, o tempo de mostrar o vosso verdadeiro amor a Deus: a vossa verdadeira devoção a Maria Santíssima: o vosso afeto sincero, terno e de verdadeiros filhos à nossa amada Congregação que é, depois da Santa Igreja de Roma, a nossa verdadeira mãe moral!” (Scritti 2, 76-78).
Enquanto se encontrava na Argentina, aos 2 de agosto de 1935, escreve:
 “Preciso de gente: quando penso em vós, eu vejo todos um a um, e vou procurando no meio de vós e quase chamando-vos pelo nome, para que venhais a ajudar-me a propagar a congregação em meio a estes povos que têm grande necessidade de sacerdotes, que sejam cheios do amor de Deus e das almas e dispostos a sacrificar-se junto com Nosso Senhor, para dar a vida de fé ou fazê-la crescer no meio do povo”. (Lettere II, 237).
VALOR DO APELO
            Este "apelo missionário", caros confrades, é um dom de Deus. é uma passagem do Senhor sobre a margem onde já estamos pescando para dizer-nos "duc in altum", "avancem para águas mais profundas". é o convite do mestre a "lançar as redes". "Quem encontrou realmente Cristo, não pode guardá-lo só para si, deve anunciá-lo"(Novo Millennio Ineunte, 40).
            Que sentido tem responder ao apelo missionário?
            De per se, todos nós já expressamos com o voto de obediência a disponibilidade a andar em qualquer lugar que nos for solicitado. O gesto, livre e atual,  de oferecer hoje a própria disponibilidade em partir para as missões, explicita a obediência e encerra um grande valor moral.            
            A resposta ao apelo missionário é um ato de generosidade perante Deus. O pedido de partir para as missões, só pelo fato de ser apresentado, já faz bem à alma e confere um tom apostólico à atividade à qual a Providência nos chamou.
            A Família orionina cresce pela Graça de Deus e pela generosidade dos seus filhos. Também quem já tinha escrito no passado, renove a sua oferta para as missões. E penso em particular aos novos religiosos: é bom manter os horizontes abertos e a possibilidade de oferecer-se para empresas que encontram em Cristo e no bem das Almas as únicas motivações e satisfações.  
            Ao pedido não corresponde necessariamente o envio em missão. Por tantas razões, não poderão ir em missão todos aqueles que pedirem. Os superiores deverão em seguida avaliar, decidir e programar com prudência. deve-se considerar também as exigências da missão na própria pátria, "missio ad intra" ou "nova evangelização", recordando que a "missionariedade ad intra é sinal de credibilidade e estímulo para a missão ad extra, e vice-versa" (Redemptoris missio 34).
            "Todos em missão"!, portanto, na pátria ou em outros países distantes.  Os missionários ad gentes elevam o impulso missionário de toda a Congregação. Os poucos que partirem "ad gentes" estimularão a paixão apostólica dos muitos que deverão empregar o próprio entusiamo para inventar a "nova evangelização" e as "novas respostas" na pátria, onde se encontram.
Confio este "Apelo missionário" a Nossa Senhora, Mãe da Divina Providência e padroeira especial dos missionários e das nossas missões. Dom Orione viu o seu grande manto azul que "se alargava, a ponto de não se poder distinguir mais os confins", "que cobria tudo e todos até o horizonte", "jovens de diversas raças, cujo número se multiplicava de maneira extraordinária... Nossa Senhora se voltou para mim, indicando-os" (Scritti 45, 60).
            A nossa Congregação, desde os tempos de Dom Orione, não deu trégua e hoje se encontra em 32 nações, empenhada em alargar o manto materno da Igreja a novos horizontes.
            Invoco sobre todos vos a bênção do Senhor e o auxílio paterno de Dom Orione.
Dom Flavio Peloso FDP
(superior geral)